PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

JBS diz que irá à justiça para reabrir unidade em SC parada por Covid-19

Em abril, dois funcionários da unidade Seara da JBS em Ipumirim testaram positivo para o coronavírus - Ueslei Marcelino
Em abril, dois funcionários da unidade Seara da JBS em Ipumirim testaram positivo para o coronavírus Imagem: Ueslei Marcelino

18/05/2020 14h40

SÃO PAULO (Reuters) - A JBS informou nesta segunda-feira que vai acionar a justiça para tentar reverter uma decisão que fechou uma fábrica da companhia em Ipumirim (SC), unidade que teve funcionários infectados pelo coronavírus.

Segundo a JBS, a unidade emprega mais de 1.400 pessoas e processa 135 mil aves, operação que envolve 240 produtores rurais da região.

A fábrica foi fechada após inspeção de autoridades do Ministério da Economia, informou o Ministério Público do Trabalho, em comunicado separado.

A inspeção "encontrou graves irregularidades, sobretudo ligadas à ausência de distanciamento seguro entre trabalhadores na linha de produção e à inexistência de medidas de vigilância para controlar a disseminação do vírus", disse o promotor.

Em abril, dois funcionários da unidade Seara da JBS em Ipumirim testaram positivo para o coronavírus.

A JBS considerou a ordem de fechamento injustificada, citando protocolos rígidos de prevenção contra a disseminação do coronavírus em todas as suas unidades.

De acordo com as autoridades responsáveis pela inspeção, 86 casos de Covid-19 foram confirmados na fábrica, representando quase 5% dos 1.500 funcionários estimados na unidade.

Os casos representam quase 2% das notificações de Covid-19 em Santa Catarina e 14% nesta região, disseram as autoridades.

A fábrica da JBS em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, também foi fechada após um surto de coronavírus.

(Por Ana Mano, reportagem adicional de Aluísio Alves)

Economia