PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Wall Street encerra em alta, liderada por energia e matérias-primas

14/07/2020 17h14

Por Noel Randewich

(Reuters) - Wall Street encerrou em alta nesta terça-feira, com o Dow Jones avançando mais de 2%, à medida que investidores aportaram em ações de energia e matérias-primas e olharam para além do recente aumento nos casos de coronavírus.

Os segmentos de energia, matérias-primas e indústria subiram mais de 2%, enquanto os de saúde, tecnologia e produtos básicos para consumo avançaram mais de 1%.

A Amazon caiu 0,6%. A companhia e outras ações de tecnologia com forte desempenho recentemente, incluindo Facebook e Netflix, recuperaram-se de perdas mais profundas, dando ao Nasdaq um impulso de última hora.

"Hoje é contra-intuitivo. Estamos lendo sobre o declínio da economia na Califórnia e um aumento recorde de casos na Flórida, e você ainda tem as ações de energia liderando", disse Bob Shea, diretor executivo da TrimTabs Asset Management em Nova York. "Estamos vendo uma pequeno giro em valor".

O JPMorgan Chase & Co, o maior credor dos EUA, avançou 0,6% depois de registrar uma queda menor do que a esperada, de 51% no lucro do segundo trimestre.

A Wells Fargo & Co caiu 4,6% após registrar uma perda trimestral pela primeira vez desde a crise financeira de 2008. O Citigroup Inc recuou 3,9% depois de informar uma queda acentuada no lucro trimestral.

O segmento de bancos do S&P 500 caiu 1,2%, com os três bancos reservando 28 bilhões de dólares, em conjunto, para cobrir possíveis perdas em empréstimos a tomadores afetados pela pandemia do coronavírus

O Dow Jones avançou 2,13%, encerrando em 26.642,59 pontos, enquanto o S&P 500 subiu 1,34%, para 3.197,52 pontos. O Nasdaq teve alta de 0,94% para 10.488,58 pontos.