PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Caixa reduz taxas do crédito imobiliário e permite pagamento parcial de prestações

Aluisio Alves

De São Paulo

14/10/2020 15h56

Por Aluisio Alves

SÃO PAULO (Reuters) - A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quarta-feira redução de taxas cobradas sobre financiamento imobiliário, extensão do programa de carência na compra de imóveis novos e a opção de pagamentos parciais de prestações por até seis meses.

No financiamento com recursos do SBPE, a linha indexada pela Taxa Referencial terá taxa mínima de TR + 6,25% e máxima de TR + 8% ao ano, queda de até 0,5 ponto percentual. As novas taxas valem a partir de 22 de outubro para novos contratos.

O banco estatal, que afirmou ter atingido neste mês uma carteira de empréstimos de 500 bilhões de reais no setor, também prorrogou até dezembro a possibilidade de carência no pagamento das parcelas no caso de novos contratos imobiliários.

Na compra de imóveis novos, os clientes pessoas físicas poderão começar a pagar juros e amortização após seis meses. Até lá, pagarão apenas seguros e taxa de administração do contrato.

O banco estima conceder mais de 14 bilhões de reais em crédito imobiliário SBPE até o fim de 2020.

A Caixa também permitirá que mutuários optem pelo pagamento parcial de financiamentos, sendo 75% da prestação por até seis meses ou de 50% a 75%, por até três meses.

As medidas vêm a reboque de uma surpreendente disparada do mercado imobiliário brasileiro, refletindo em parte a queda do juro básico do país à mínima recorde de 2% ao ano, com o Banco Central flexibilizando a política monetária para tentar reanimar a economia atingida pela pandemia de coronavírus.