PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Nasdaq bate recorde puxado por grandes empresas de tecnologia; setor de energia cai

07/12/2020 11h48

Por Shriya Ramakrishnan e Shreyashi Sanyal

(Reuters) - O índice Nasdaq estendia alta e bateu uma nova pontuação recorde nesta segunda-feira, com investidores comprando ações de grandes empresas de tecnologia diante de preocupações sobre o impacto de curto prazo na economia decorrente de restrições à Covid-19, enquanto as ações do setor de energia caíam com a queda dos preços do petróleo.

Ações de empresas como Apple Inc, Tesla Inc, Facebook Inc e Microsoft Corp --com ganhos de quase 2% cada-- impulsionavam o Nasdaq.

Autoridades da Califórnia, o Estado mais populoso dos Estados Unidos, determinaram nesta segunda-feira que grande parte do Estado fechasse lojas e que as pessoas ficassem em casa, no dia seguinte ao anúncio de um recorde de mais de 30 mil novos casos de coronavírus.

"Acho que o que você está vendo hoje é um foco no curto prazo com o shutdown, e é por isso que o setor de tecnologia está liderando" as altas, disse Christopher Grisanti, estrategista-chefe de ações da MAI Capital Management, em Ohio.

"São empresas que podem ter um bom desempenho mesmo se a economia entrar novamente em um shutdown. Isso é mais uma lembrança do início de 2020 e acho que dá aos investidores a chance de olhar para frente e tentar encontrar investimentos que funcionem em 2021."

Às 13:09 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,49%, a 30.072 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,064069%, a 3.697 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,56%, a 12.534 pontos.

O índice S&P 500 para o setor de energia caía mais de 2%, maior queda entre os 11 principais segmentos, à medida que os preços do petróleo caíam. As petrolíferas Chevron Corp, Exxon Mobil Corp e Occidental Petroleum Corp perdiam 2% e 3%.

Wall Street acompanhava um movimento mais cauteloso nos mercados globais de ações neste começo de dia, depois de a Reuters noticiar que os Estados Unidos estão se preparando para impor sanções contra pelo menos uma dúzia de autoridades chinesas por causa do alegado papel que tiveram na desqualificação de legisladores de oposição eleitos em Hong Kong.

Enquanto isso, negociações em prol de novo alívio aos efeitos do coronavírus ganharam impulso no Congresso dos EUA na sexta-feira, enquanto um grupo bipartidário de parlamentares trabalhava para dar os toques finais em um novo projeto de lei de 908 bilhões de dólares.