PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Ações europeias interrompem sequência de ganhos de 5 semanas; Sanofi recua com atraso em vacina

11/12/2020 14h56

Por Susan Mathew

(Reuters) - As ações europeias recuaram nesta sexta-feira, encerrando em tom desanimado uma agitada semana, por preocupações com o impacto econômico da ressurgente pandemia da Covid-19 e o destino do acordo comercial do Brexit.

O índice pan-europeu STOXX 600 caiu 0,8%, estendendo as perdas depois que uma previsão econômica pessimista para 2021 por parte do Banco Central Europeu (BCE) fez os mercados fecharem no vermelho na quinta-feira.

O índice caiu 1% na semana, quebrando uma sequência de cinco semanas de ganhos, já que um impasse nas negociações entre a União Europeia (UE) e o Reino Unido aumentou chances de os britânicos deixarem o bloco econômico sem um acordo comercial.

Investidores ficarão atentos às novidades sobre o Brexit, com prazo final até domingo para uma última tentativa de acordo para administrar cerca de 1 trilhão de dólares em comércio anual, atualmente livre de tarifas e cotas.

"Tanto o Reino Unido quanto a UE começaram a dizer que não só é possível um resultado de não acordo como também é o desfecho mais provável. Portanto, os mercados estão assustados com isso", disse Andrea Cicione, estrategista-chefe da TS Lombard.

"Eventualmente, um acordo será fechado. Se as negociações falharem agora, as duas partes irão voltar no início do ano que vem."

A farmacêutica Sanofi teve queda de 4%, com o recuo dos papéis pesando substancialmente nos índices, depois de dizer que sua vacina candidata à Covid-19, desenvolvida com a GlaxoSmithKline, mostrou resposta imunológica insuficiente em testes clínicos. As ações da GSK caíram 0,3%.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,80%, a 6.546,75 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,36%, a 13.114,30 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,76%, a 5.507,55 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,97%, a 21.702,16 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,46%, a 8.063,10 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 1,10%, a 4.742,67 pontos.