PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Japão reduz previsão de gastos e diz que condições gerais são severas em relatório de dezembro

22/12/2020 08h51

Por Daniel Leussink

TÓQUIO (Reuters) - O governo do Japão em dezembro cortou sua visão sobre o consumo pela primeira vez em três meses e disse que as condições econômicas gerais seguem graves devido à pandemia de coronavírus.

As autoridades disseram que a terceira maior economia do mundo está enfrentando riscos crescentes de um ressurgimento de casos de Covid-19 em casa e no exterior, levando a um rebaixamento das perspectivas, embora elas continuem sendo sustentadas pela esperança de recuperação econômica.

"A economia japonesa permanece em uma situação severa devido ao novo coronavírus, mas está mostrando sinais de aceleração", disse o governo em seu relatório econômico de dezembro.

Mas também alertou que "atenção total" deve ser dada aos riscos adicionais do coronavírus e seu impacto crescente na atividade socioeconômica, disse uma autoridade do governo.

Entre os principais elementos econômicos, o governo reduziu sua avaliação do consumo privado, que responde por mais da metade da economia do país, pela primeira vez desde setembro, dizendo que embora estivesse se recuperando como um todo, alguns setores como o turismo doméstico estavam mostrando fraqueza.