PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Dow Jones e S&P 500 fecham em alta, mas protestos a favor de Trump reduzem ganhos

06/01/2021 18h17

Por Gertrude Chavez-Dreyfuss

NOVA YORK (Reuters) - Os índices Dow Jones e S&P 500 encerraram em alta, atingindo máximas históricas nesta quarta-feira, com investidores comprando ações dos setores financeiro e industrial, diante de apostas de que uma vitória democrata no Estado da Geórgia leve a mais estímulos fiscais e gastos com infraestrutura.

No entanto, Wall Street reduziu os ganhos de mais cedo, e o índice Nasdaq fechou em queda, depois que uma multidão de manifestantes invadiu o Capitólio nesta quarta-feira, enquanto tentava forçar o Congresso a anular a derrota eleitoral do presidente Donald Trump para Joe Biden.

Parlamentares foram retirados do local depois que apoiadores de Trump invadiram o prédio enquanto policiais faziam guarda. Alguns policiais responderam com armas em punho e gás lacrimogêneo.

"Não foi uma queda acentuada do mercado. Compradores também chegaram. É um pouco chocante visualmente ver isso se desenrolar na televisão", disse Tim Ghriskey, estrategista-chefe de investimentos da Inverness Counsel, em Nova York.

Antes dos protestos pró-Trump, as ações do setor financeiro haviam alcançado o maior patamar em um ano e ainda fecharam em alta no dia. Papéis dos segmentos de materiais básicos, industrial e energia mantiveram os ganhos.

As ações de bancos, sensíveis à taxa de juros, subiram, acompanhando um salto nos rendimentos dos Treasuries de dez anos acima de 1%.

O Dow Jones fechou em alta de 1,44%, para 30.829,4 pontos. O S&P 500 ganhou 0,57%, para 3.748,14 pontos.

O Nasdaq Composite caiu 0,61%, para 12.740,79 pontos.