PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Minério de ferro toca máxima de 4 semanas na China com demanda em foco

18/01/2021 08h49

Por Enrico Dela Cruz

MANILA (Reuters) - Os futuros do minério de ferro na China e em Cingapura tocaram máximas de quatro semanas nesta segunda-feira, após dados trimestrais de PIB da China que bateram estimativas ajudarem a mudar o foco dos investidores de volta para as perspectivas de demanda pelo material utilizado na fabricação do aço.

A economia chinesa cresceu 6,5% na comparação anual no último trimestre de 2020 e parece a caminho de nova expansão neste ano, o que ajudou o sentimento do mercado, impactado por novas restrições na China que visam conter infecções por Covid-19.

O contrato mais ativo do minério de ferro na bolsa chinesa de Dalian, para entrega em maio, fechou o pregão do dia com alta de 1,7%, a 1.075,50 iuanes por tonelada (165,89 dólares), após ter chegado a tocar 1.084,50 iuanes mais cedo, o maior nível desde 22 de dezembro de 2020.

Na bolsa de Cingapura, o minério de ferro avançava 0,7%, para 170,20 dólares por tonelada.

A produção de aço da China em 2020 cresceu para um recorde de 1,05 bilhão de toneladas, à medida que a economia se reabria após lockdowns associados ao coronavírus, o que impulsionou a demanda. E a euforia deve continuar, disse o vice-presidente da WoodMackenzie, Paul Gray.

"Vacinas, a recuperação econômica global e fundamentos mais apertados na oferta e demanda, tudo aponta para um 2021 lucrativo para produtores de aço e minério de ferro", disse ele.

No aço, o vergalhão para construção na bolsa de Xangai fechou em alta de 0,6%.

PUBLICIDADE