PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

SP tem 19 variantes do coronavírus em circulação, P.1 responde por quase 90% dos casos

16/06/2021 16h20

Por Eduardo Simões

SÃO PAULO (Reuters) - Existem 19 variantes do coronavírus em circulação em São Paulo e a P.1, originada em Manaus, predomina no Estado, respondendo por 89,9% dos casos, de acordo com a Rede de Alertas de Variantes coordenada pelo Instituto Butantan, informou o instituto paulista nesta quarta-feira.

Segundo o Butantan, as variantes B.1.1.7, originada no Reino Unido, responde por 4,2% dos casos analisados, enquanto a B1.1.28, que deu origem à chamada variante de Manaus, teve incidência de 3,5%.

O Butantan coletou os dado de janeiro até a semana de 29 de maio. Os dados foram obtidos a partir de sequenciamento genômico de uma parcela dos testes diagnósticos positivos realizados no Butantan e nos demais laboratórios que compõem a rede coordenada pelo instituto.

"De janeiro até o fim de maio, foram sequenciados 4.812 genomas completos de 834.114 casos positivos", informou o Butantan em nota.

Também nesta quarta, o Butantan lançou o site de pré-cadastro de voluntários interessados em participar dos testes clínicos da Butanvac, vacina contra Covid-19 que será 100% fabricada no Brasil, com tecnologia desenvolvida nos Estados Unidos, sem necessidade de importação de insumo farmacêutico ativo (IFA) do exterior.

Os estudos clínicos com a potencial vacina foram autorizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Os testes de Fase 1 terão a participação de 418 voluntários com mais de 18 anos de idade e serão realizados inicialmente pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto, interior do Estado.

"Outros centros de pesquisa de excelência já manifestaram interesse e serão anunciados em breve. As Fases 2 e 3 deverão recrutar até 5 mil voluntários", afirmou em nota o governo do Estado de São Paulo, ao qual o Butantan é vinculado.