PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Vale descontinua previsões da produção de níquel até 2023 e de cobre em 2021

Logo da sede da mineradora Vale SA em Brumadinho (MG) - Adriano Machado/Reuters
Logo da sede da mineradora Vale SA em Brumadinho (MG) Imagem: Adriano Machado/Reuters

Gabriel Araujo

Da Reuters, em São Paulo

20/07/2021 08h39Atualizada em 20/07/2021 09h15

A mineradora Vale informou na noite ontem que descontinuou suas estimativas para a produção média de níquel no período de 2021 a 2023 e para a produção de cobre em 2021, conforme fato relevante divulgado ao mercado.

A companhia disse que os "guidances" estão em revisão devido às incertezas relativas ao prazo para a retomada da produção nas operações de Sudbury, no Canadá, e à implementação de processos de segurança e manutenção nos ativos de Sossego e Salobo.

A manifestação ocorreu pouco depois de a Vale publicar seu relatório de produção do segundo trimestre de 2021, no qual já indicava que as previsões de produção de cobre e níquel estariam sob revisão.

No trimestre entre abril e junho, a mineradora produziu 41,5 mil toneladas de níquel, queda de 15,3% na comparação anual, e 73,5 mil toneladas de cobre, recuo de 13% no ano a ano. Ambos foram impactados por fatores como uma paralisação de funcionários em Sudbury.