PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Ações europeias recuperam perdas após BCE desacelerar estímulos conforme esperado

09/09/2021 13h46

Por Sruthi Shankar e Ambar Warrick

(Reuters) - As ações da zona do euro recuperaram-se das mínimas da sessão e fecharam perto da estabilidade nesta quinta-feira, depois que o Banco Central Europeu sinalizou que reduzirá apenas ligeiramente suas compras emergenciais de títulos no próximo trimestre, como amplamente esperado.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,14%, a 1.800 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,06%, a 468 pontos, depois de ter chegado a cair 0,9% pela manhã.

O STOXX 600 havia caído 1,5% nos últimos dois dias devido a temores de um BCE mais "hawkish" (inclinado a redução de estímulos) do que o esperado.

Ações do setor bancário, sensível aos juros, subiram 0,2%, enquanto os papéis do setor imobiliáro lideraram os ganhos com alta de 1,0%.

O BCE, num passo simbólico em diração à redução de seu suporte de emergência, não deu nenhum sinal de suas próximas medidas, incluindo como poderia encerrar seu Programa de Compras de Emergência da Pandemia (PEPP) de 1,85 trilhão de euros, que tem deixado os custos dos empréstimos baixos para governos e empresas.

"A reunião de hoje confirma nossas expectativas anteriores de que o PEPP terminará depois de março. Dito isso, o BCE permanece claramente dependente de dados e manteve todas as opções abertas para dezembro", escreveram analistas do Rabobank em uma nota.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 1,01%, a 7.024,21 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,08%, a 15.623,15 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,24%, a 6.684,72 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,13%, a 25.909,83 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,43%, a 8.800,60 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,45%, a 5.339,36 pontos.

PUBLICIDADE