PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Vale vê preços do minério de ferro mais altos após Olimpíadas de Inverno

29/11/2021 17h06

Por Marcelo Teixeira

NOVA YORK (Reuters) - A mineradora Vale acredita que os preços do minério de ferro vão aumentar após as Olimpíadas de Inverno na China, programadas para fevereiro, já que depois do evento o país asiático provavelmente permitirá que mais produtores de aço recuperem a capacidade de produção.

O governo da China tem pedido às fábricas de vários setores, incluindo o aço, que reduzam a produção para diminuir a poluição do ar antes do evento esportivo.

O vice-presidente executivo de Estratégia e Transformação de Negócios da Vale, Luciano Siani, disse para os repórteres após reunião com investidores na Bolsa de Valores de Nova York nesta segunda-feira que espera que a atividade industrial na China cresça assim que os jogos acabarem, aumentando os preços do minério de ferro.

Siani, no entanto, não vê um grande avanço nos preços, dizendo que a tonelada de matéria-prima do aço deve ficar entre 90 e 120 dólares ou 130 dólares.

Os preços spot do minério de ferro com 62% de teor de ferro para entrega na China, compilados pela consultoria SteelHome, subiram 3 dólares nesta segunda-feira, a 105 dólares a tonelada.

Os preços caíram fortemente de um pico de mais de 230 dólares a tonelada em maio.

Siani também falou sobre o futuro de algumas unidades de negócios da empresa, como carvão e metais básicos.

Ele disse que as discussões sobre a venda do negócio de carvão estão progredindo e que o anúncio deve ocorrer por volta do início de 2022.

Sobre a unidade de metais básicos, o executivo disse que a empresa está trabalhando para torná-la mais independente do restante da empresa, para que a Vale tenha a opção de vendê-la se optar por esse caminho.

Mas Siani disse que a decisão sobre metais básicos não ocorrerá antes de 2023.

(Por Marcelo Teixeira)

PUBLICIDADE