PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Fundo de pensão britânico diz haver falta de ação sobre barragens no Brasil

Buscas por corpos continuam após o rompimento da barragem da Vale no Distrito do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG) - Christyam de Lima
Buscas por corpos continuam após o rompimento da barragem da Vale no Distrito do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG) Imagem: Christyam de Lima

Carolyn Cohn

Reuters, Londres

25/01/2022 13h46

O fórum do Fundo de Pensão da Autoridade Local do Reino Unido disse hoje que estava se engajando com as mineradoras Vale e BHP após os rompimentos das barragens de Brumadinho e Samarco no Brasil, mas estava "consternado" com o ritmo lento de ajuda para as comunidades.

"Nos últimos três anos, a LAPFF (na sigla em inglês) se engajou com a Vale e a BHP após os rompimentos das barragens de Brumadinho e Samarco e continua consternada com a falta de progresso no atendimento das necessidades dos membros da comunidade afetada", disse o LAPFF em um comunicado.

A Vale disse na semana passada que espera aportar cerca de 9 bilhões de reais em 2022 em reparações relacionadas ao rompimento da barragem de Brumadinho. Esse valor não inclui o que a empresa gastará em indenizações individuais, que estão sendo negociadas.