PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Banco central dos EUA adota regras estritas de negociação após escândalo ético

18/02/2022 15h04

(Reuters) - O Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) adotou nesta sexta-feira um extenso conjunto de restrições à negociação por autoridades e funcionários seniores do banco central, após um escândalo de ética que envolveu formuladores de política monetária e ameaçou abalar a confiança na integridade da instituição.

O Fed disse que as regras visam "garantir a confiança do público na imparcialidade e integridade do trabalho do Comitê".

Sob as novas determinações, algumas das quais foram divulgadas pela primeira vez em outubro passado, as autoridades do mais alto escalão do Fed estão proibidas de comprar ações e fundos setoriais e de manter títulos individuais, títulos lastreados por agências, criptomoedas, commodities ou moedas estrangeiras.

O uso de derivativos, vendas a descoberto e compra de títulos com margem também são proibidos, e os funcionários terão que avisar com 45 dias de antecedência e obter aprovação para qualquer transação. Todos os investimentos devem ser mantidos por pelo menos um ano, dizem as regras.

A maioria das novas restrições a operações no mercado financeiro impostas pelo Fed entrará em vigor em 1º de maio, com regras de pré-autorização e aviso prévio tendo efeito a partir de 1º de julho. Os atuais funcionários do Fed terão 12 meses para se adequar, disse o banco central; novos funcionários e formuladores de política monetária terão seis meses a partir da data em que ingressarem.

O Fed implementou as normas depois que o chefe da unidade do banco em Boston, Eric Rosengren, e o presidente do Fed de Dallas, Robert Kaplan, renunciaram após relatos de suas negociações ativas em 2020, quando o banco central lançou um esforço maciço para combater o impacto econômico da pandemia de Covid-19. Os esforços do Fed ajudaram a fortalecer os mercados financeiros.

O então vice-chair do Fed, Richard Clarida --outro membro da área de definição de política monetária-- também foi criticado depois de corrigir no fim de dezembro uma divulgação financeira privada anterior para mostrar que vendeu um fundo de ações e depois o recomprou rapidamente pouco antes de o Fed anunciar uma enxurrada de programas de resgate para conter a crise econômica em consequência da pandemia.

No entanto, permanecem questões sobre quanto as autoridades do Fed operaram no mercado financeiro em âmbito pessoal num ano em que os mercados caíram inicialmente e depois se recuperaram a reboque do enorme estímulo fiscal federal e de um agressivo esforço de resgate do Fed.

(Por Ann Saphir)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447757)) REUTERS JCG IV