PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Wall Street recua após Ucrânia declarar estado de emergência

23/02/2022 11h40

Por Susan Mathew e Devik Jain

(Reuters) - As ações dos Estados Unidos caíam nesta quarta-feira depois que a Ucrânia declarou estado de emergência, enquanto relatos de ataques cibernéticos a vários de seus sites estatais alimentavam temores sobre a escalada das tensões com a Rússia.

Depois de uma abertura em alta, oito dos 11 principais setores do S&P 500 recuavam, enquanto uma queda de 2,3% nas ações da Tesla puxavam o Nasdaq para baixo. Vinte dos 30 componentes do Dow estavam sendo negociados no vermelho.

No mais recente sinal de um possível ataque militar total da Rússia, a Ucrânia declarou estado de emergência e disse a seus cidadãos na Rússia que fujam, enquanto Moscou começou a esvaziar sua embaixada em Kiev.

A Ucrânia também culpou a Rússia por uma série de ataques cibernéticos, à medida que seus sites estatais, incluindo as páginas do governo e do Ministério das Relações Exteriores, permaneciam inacessíveis.

Enquanto isso, espera-se que o governo dos Estados Unidos anuncie que permitirá o avanço das sanções contra a Nord Stream 2 AG, empresa encarregada de construir o gasoduto russo Nord Stream 2, informou a CNN, citando autoridades norte-americanas.

"Neste momento, não está claro se estamos vendo apenas uma tensão geopolítica que será gerenciada por meio da diplomacia ou se estamos caminhando para uma situação de guerra", disse Geetu Sharma, fundador e gerente de investimentos da AlphasFuture LLC.

As ações de energia subiam 0,9% devido à recuperação dos preços do petróleo.

Às 13:34 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,27%, a 33.507,20 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,68%, a 4.275,39 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite recuava 1,03%, a 13.243,65 pontos.

(Reportagem de Devik Jain em Bengaluru)