PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Casa Branca anuncia mais medidas para fortalecer cadeias de abastecimento dos EUA

24/02/2022 10h04

Por Andrea Shalal

WASHINGTON (Reuters) - A Casa Branca anunciou nesta quinta-feira dez novas medidas como parte de sua campanha de um ano para fortalecer as cadeias de suprimentos dos Estados Unidos contra choques climáticos e tensões geopolíticas e garantir que a China ou outros países não possam usar as cadeias de oferta como uma arma contra os EUA.

Autoridades do governo disseram que os Estados Unidos fizeram um bom progresso desde que o presidente Joe Biden assinou um decreto há um ano que deu início a esforços para reforçar a produção doméstica de chips semicondutores, baterias para veículos elétricos, minerais de terras raras e produtos farmacêuticos.

Mas eles disseram que é necessário mais trabalho para enfrentar os desafios persistentes da cadeia de suprimentos e fortalecer a base industrial doméstica.

Sete agências do governo devem publicar seis relatórios mapeando planos para abordar fraquezas em algumas das cadeias de suprimentos mais importantes do país, incluindo transporte, saúde, defesa e alimentos, disse a Casa Branca.

As principais etapas planejadas incluem:

- Iniciativa para aumentar o financiamento para a produção nacional de semicondutores, biotecnologia e produtos biomédicos, energia renovável e armazenamento de energia.

- Expandir o acesso a capital para pequenos produtores por meio de programas novos e existentes no Departamento do Tesouro e na Administração de Pequenas Empresas, incluindo 10 bilhões de dólares em fundos do Plano de Resgate Americano.

- Abertura de um programa de 450 milhões de dólares do Departamento de Transportes para pagar melhorias nos portos dos EUA e financiamento para outros projetos de infraestrutura de transporte sob a lei bipartidária de infraestrutura.