PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Ministros de Energia da UE discutem planos de abastecimento em meio à crise na Ucrânia

28/02/2022 12h55

Por Kate Abnett

BRUXELAS (Reuters) - Ministros de Energia de países da União Europeia discutirão nesta segunda-feira preparativos para possíveis abalos no fornecimento de energia e medidas para reforçar os estoques de gás após a invasão russa na Ucrânia.

A invasão da Ucrânia pela Rússia, principal fornecedora de gás da Europa, aguçou as preocupações com a interrupção do fornecimento de energia e aumentou o debate sobre a dependência dos países da União Europeia de combustíveis fósseis importados.

Os ministros da UE vão "fazer um balanço de possíveis ações adicionais em termos de salvaguarda do abastecimento, utilização de reservas estratégicas de petróleo, gestão de reservas de gás" na reunião de emergência, de acordo com uma nota preparatória da França, que atualmente preside as reuniões de ministros da UE.

"Temos que nos preparar para todas as possibilidades", disse a ministra de transição ecológica da França, Barbara Pompili, ao chegar à sessão.

A UE tem estoques de gás e petróleo suficientes para resistir a interrupções de curto prazo, afirmou ela. "No entanto, há um problema com suprimentos de longo prazo."

Os ministros também discutirão uma possível assistência ao setor de energia da Ucrânia e a aceleração de uma conexão planejada da rede elétrica da Ucrânia com a da Europa, o que a tornaria mais independente da Rússia.