PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

TCU agendou votação de desestatização da Eletrobras para semana que vem, diz Guedes

Logo da Eletrobras na Bolsa de Valores de Nova York - Reprodução
Logo da Eletrobras na Bolsa de Valores de Nova York Imagem: Reprodução

Bernardo Caram

13/04/2022 17h48

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quarta-feira que o TCU (Tribunal de Contas da União) agendou para a próxima semana a votação sobre a desestatização da Eletrobras, ressaltando que o prazo para aprovar a operação é curto.

"O TCU acaba de anunciar que colocou na pauta para votação semana que vem a desestatização da Eletrobras", declarou o ministro durante evento no Palácio do Planalto.

Segundo pauta publicada no site do TCU, o tema foi incluído na reunião do plenário do dia 20, quarta-feira.

Para Guedes, como o cronograma está apertado, se o governo perder a janela de aprovação, "vamos para um obscuro futuro".

Sem mencionar nomes, o ministro disse que um candidato tem ligado para ministros do TCU para tentar paralisar a desestatização da Eletrobras.

Para que a capitalização ocorra dentro da janela prevista, a liquidação precisa ocorrer até 13 de maio, conforme regras da Securities and Exchange Commission (SEC), o regulador de mercado dos Estados Unidos.

No espaço de um mês, a Eletrobras precisa aprovar os resultados financeiros de 2021 em assembleia marcada para 22 de abril, publicar o formulário 20-F na SEC em 25 de abril e só então poderá lançar o prospecto da capitalização —isso se o TCU já tiver dado sua aprovação até lá.