PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Wall St cai com yields mais altos golpeando ações de crescimento

09/05/2022 10h48

Por Devik Jain e Bansari Mayur Kamdar

(Reuters) - Os mercados de ações dos Estados Unidos caíam nesta segunda-feira, com os rendimentos mais altos dos títulos do Tesouro norte-americano atingindo as ações de crescimento em meio a perspectivas de aperto agressivo da política monetária, enquanto o sentimento dos investidores também era atingido por temores de uma forte desaceleração econômica na China.

Às 11:50 (de Brasília), o índice S&P 500 perdia 2,13%, a 4.035,46 pontos, enquanto o Dow Jones caía 1,36%, a 32.450,44 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite recuava 2,89%, a 11.793,35 pontos.

Todos os 11 principais setores do S&P caíam. O de energia tinha queda de 3,4%, com os preços do petróleo em baixa superior a 2%, após dados fracos da China e um bloqueio mais rígido contra a Covid-19 em Xangai intensificarem receios de que a economia global esteja caminhando para uma desaceleração.

O índice Nasdaq, com forte peso de ações de tecnologia, sofria a maior queda dentre as três referências de Wall Street. O S&P 500 tocou o nível mais baixo em um ano, com ações de megacapitalização de Microsoft Corp, Amazon.com, Apple Inc, Alphabet Inc, Meta Platforms e Tesla Inc em declínio de 2,3% a 3,2%.

Os rendimentos dos Treasuries de dez anos estavam em 3,10%, depois de atingirem seus níveis mais altos desde novembro de 2018 mais cedo na sessão, com expectativas de taxas de juros mais altas deixando investidores nervosos.

Após um aumento de 50 pontos-base nos juros neste mês pelo banco central dos EUA, muitos operadores esperam que o Fed aumente em mais 75 pontos-base a taxa básica em sua reunião de junho.

"O mercado está focado nas taxas de juros de longo prazo. Quanto mais alto elas vão, mais (investidores) temem uma recessão ou uma economia de estagflação", disse Christopher Grisanti, estrategista-chefe de ações da MAI Capital Management em Cleveland.

"O medo tornou-se tão grande que tudo está sendo vendido. É o ditado matar a mosca com bala de canhão."

Investidores ficarão de olho em dados de inflação dos EUA para abril, em busca de pistas sobre se as pressões sobre os preços estão atingindo um pico.