PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

OMC alcança acordo inicial conforme modera resistência da Índia

16/06/2022 18h16

Por Emma Farge

GENEBRA (Reuters) - Importantes membros da Organização Mundial do Comércio (OMC) chegaram a um acordo inicial nesta quinta-feira, conquistando a Índia, que disse estar confiante de que mais acordos globais poderão ser alcançados à medida que as negociações sobre pesca, vacinas e segurança alimentar entram em suas horas finais. 

Ministros de mais de 100 países se reuniram nesta semana na sede do órgão que fiscaliza o comércio global, em Genebra, pela primeira vez em mais de quatro anos para chegar a um acordo com relação a novas regras comerciais, feito que muitos achavam improvável em uma era de altas tensões geopolíticas.

Todos os 164 membros do órgão precisam concordar com a aprovação de novas regras, o que significa que um membro por si só pode bloquear o acordo. 

Contudo, chegou-se a um acordo provisório para ampliar uma moratória na aplicação de direitos a transmissões eletrônicas até pelo menos 2023, apesar da oposição prévia de Nova Délhi. 

O ministro do Comércio da Índia, Piyush Goyal, que assumiu uma postura desafiadora em diversos tópicos nesta semana, disse a jornalistas esperar por mais "decisões sólidas".

Nova Délhi, que tem um histórico de impedir negociações multilaterais, havia aderido anteriormente a demandas de longa data para manter subsídios à pesca e agricultura, e pressionado por reformas extras, disseram fontes comerciais.

(Reportagem de Emma Farge; reportagem adicional de Andrea Shalal em Washington e Philip Blenkinsop em Bruxelas)