PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

BC russo diz que 70 organizações de 12 países aderiram à alternativa do país ao Swift

29/06/2022 08h57

MOSCOU (Reuters) - Setenta organizações financeiras estrangeiras de 12 países já aderiram à alternativa doméstica da Rússia ao sistema financeiro Swift, disse a presidente do banco central, Elvira Nabiullina, nesta quarta-feira.

Os principais bancos russos foram cortados do Swift, sistema de mensagens que sustenta as transações financeiras globais, como parte das sanções ocidentais em resposta à decisão de Moscou de enviar dezenas de milhares de soldados para a Ucrânia em 24 de fevereiro.

Nabiullina disse que o banco central não estava divulgando os nomes daqueles que ingressaram no sistema russo devido a temores de sanções secundárias.

Em abril, Nabiullina afirmou que 52 organizações estrangeiras eram integrantes de um sistema de mensagens desenvolvido pelo banco central da Rússia - Sistema de Transferência de Mensagens Financeiras (SPFS na sigla em inglês).

A Rússia está tentando ajudar seu setor financeiro a se adaptar às sanções ocidentais sem precedentes, uma vez que a saída do Swift torna muito difícil para um credor fazer ou receber pagamentos internacionais.

No entanto, o sistema russo carece de conectividade internacional e opera apenas durante o horário comercial durante a semana, enquanto o Swift opera 24 horas por dia, todos os dias. Além disso, as mensagens do SPFS têm limites de tamanho que as tornam menos capazes de lidar com transações mais complexas.

(Reportagem Reuters)