PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Equinor retoma produção do campo de Peregrino no Brasil

19/07/2022 12h21

(Reuters) - A Equinor anunciou nesta terça-feira que retomou a produção no campo de Peregrino, na Bacia de Campos, após a execução de um extenso programa de manutenção, atualizações e reparos na unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência (FPSO) e instalação de uma nova plataforma, a Peregrino C.

Segundo a empresa, esses investimentos permitiram o reinício da produção --que estava interrompida desde 2020-- com segurança, aumentando a capacidade total de produção do campo e melhorando a intensidade das emissões de carbono.

Peregrino C será a terceira plataforma a operar no campo, com o primeiro óleo previsto para o terceiro trimestre de 2022. O novo ativo faz parte do projeto Fase 2 de Peregrino, que vai estender a vida útil e o valor do campo e adicionar entre 250 e 300 milhões de barris.

"Nossa prioridade máxima é a segurança de nosso pessoal e de nossas operações. Os investimentos em tecnologia, novos equipamentos e manutenção nos permitiram retomar com segurança a produção em Peregrino e nos preparar para o início do novo projeto Peregrino Fase 2", disse, em nota, Veronica Coelho, presidente da Equinor no Brasil.

Peregrino é o maior campo operado pela Equinor fora da Noruega e o primeiro de uma série de desenvolvimentos de grandes campos no Brasil. Segundo a empresa, as reservas remanescentes de Peregrino Fase 1 estão estimadas em 180 milhões de barris.

O campo iniciou a produção em 2011 e é operado pela Equinor, que detém 60% de participação, com a chinesa Sinochem(40%).

(Reportagem de Rafaella Barros)