PUBLICIDADE
IPCA
0,67 Jun.2022
Topo

Diretor da Caixa é encontrado morto em sede do banco em Brasília

20/07/2022 11h38

SÃO PAULO (Reuters) - O diretor executivo de controles internos e integridade da Caixa Econômica Federal foi encontrado morto na sede do banco em Brasília, segundo informações da polícia do Distrito Federal, em episódio que ocorreu algumas semanas depois do escândalo de assédio sexual e moral denunciado por funcionários e que envolveu o ex-presidente da instituição.

Em comunicado, a Caixa afirmou nesta quarta-feira que "manifesta profundo pesar pelo falecimento do empregado Sérgio Ricardo Faustino Batista", mas não deu mais detalhes.

A Polícia Civil do Distrito Federal afirmou em comunicado que "preliminarmente" o caso está sendo considerado como um suicídio "em razão da vítima ter sido encontrada já sem vida no lado externo do prédio sede da Caixa". Investigações estão sendo realizadas.

O executivo de 54 anos permaneceu no cargo após a troca no comando da presidência do banco há cerca de três semanas depois que o ex-presidente da instituição Pedro Guimarães foi alvo de denúncias de assédio por funcionários da Caixa. Guimarães afirmou que as acusações não são verdadeiras.

Em sua posse no início deste mês, a nova presidente da Caixa, Daniella Marques, afirmou que entre suas primeiras medidas tinha afastado alguns diretores do banco e funcionários vinculados à presidência da instituição, bem como afirmou na ocasião que "por ora" os afastamentos de pessoal estavam concluídos.

(Por Alberto Alerigi Jr.; edição de André Romani)