PUBLICIDADE
IPCA
0,67 Jun.2022
Topo

UE busca substituir gás da Rússia por suprimentos da Nigéria

23/07/2022 16h41

Por MacDonald Dzirutwe

LAGOS (Reuters) - A União Europeia (UE) está buscando suprimentos adicionais de gás da Nigéria à medida que o bloco se prepara para potenciais cortes no fornecimento russo, disse o vice-diretor-geral do departamento de energia da Comissão Europeia, Matthew Baldwin, neste sábado.

Baldwin discursava na Nigéria, onde teve reuniões com autoridades da maior produtora de petróleo da África nesta semana.

Ele foi informado de que a Nigéria está melhorando a segurança do Delta do Níger e planeja reabrir o oleoduto Trans Níger depois de agosto, o que renderia mais exportações de gás para a Europa.

A UE importa 14% de seus suprimentos totais de gás natural liquefeito (GNL) da Nigéria e há potencial para mais que dobrar isso, disse Baldwin à Reuters por telefone.

A produção de petróleo e gás na Nigéria vem sendo limitada por roubo e vandalismo de oleodutos, deixando o terminal da produtora de gás Nigeria LNG Ltd, em Bonny Island, operar com 60% da capacidade.

"Se conseguirmos ir além de 80%, nesse ponto, pode haver GNL adicional disponível para cargas para a Europa", disse Baldwin.

"Eles (autoridades nigerianas) nos disseram: 'Venha e fale conosco novamente no final de agosto, porque achamos que podemos obter um progresso real nisso'."

(Reportagem de MacDonald Dzirutwe)