PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Bolsas europeias reduzem ganhos com balanços desfavoráveis

28/07/2022 07h40

Por Susan Mathew

(Reuters) - As ações europeias deixaram os maiores patamares da sessão nesta quinta-feira, com uma série de balanços negativos, incluindo do Santander, tirando o brilho de um rali global impulsionado por um alívio em preocupações com o ritmo futuro dos aumentos das taxas de juros nos Estados Unidos.

O Federal Reserve dos EUA elevou sua principal taxa de juros em 75 pontos-base na quarta-feira, como esperado, e reiterou o controle da inflação como prioridade, mas abandonou as orientações sobre o tamanho de seu próximo aumento de taxa e observou que "em algum momento" seria apropriado desacelerar as altas.

"O Fed estava bastante cauteloso de que as coisas podem continuar a ficar mais difíceis antes de vermos algum tipo de recuperação, e acho que os mercados pelo menos tiveram alguma clareza", disse David Jones, estrategista-chefe de mercado da Capital.com.

"O Fed também dizendo que ainda não estamos em recessão é algo que talvez tenha ajudado as perspectivas do mercado."

O índice pan-europeu STOXX 600 subia 0,2%, reduzindo alguns ganhos que o levaram a um pico em sete semanas.

Investidores este ano estão preocupados com o fato de que tentativas agressivas dos bancos centrais de controlar a inflação crescente possam levar as economias à recessão. A crise energética na Europa, alimentada pela guerra Rússia-Ucrânia, aumentou as preocupações.

Embora a inflação da zona do euro esteja em um recorde de 8,6%, os investidores estão de olho no dado dos preços ao consumidor alemão, previsto para mais tarde na sessão, que devem esfriar ainda mais no ano em julho.

"O cenário macro ainda é ruim, mas os mercados talvez pensem que já passamos do pico da inflação", disse Jones, apontando para a recente tendência de queda nos preços das commodities.

O índice IBEX da Espanha caiu 1,4% com o segundo maior banco da zona do euro, o Santander, caindo após resultados abaixo das expectativas.

A fabricante de aviões Airbus e a empresa de consumo Nestlé estavam entre outros pesos pesados ​​que caíram após divulgar seus balanços.

. O índice FTSEurofirst 300 tinha alta de 0,28%, a 1.690 pontos.

. Em LONDRES, o índice Financial Times recuava 0,22%, a 7.332 pontos.

. Em FRANKFURT, o índice DAX caía 0,12%, a 13.150 pontos.

. Em PARIS, o índice CAC-40 tinha estabilidade, a 6.257 pontos.

. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha valorização de 0,95%, a 21.685 pontos.

. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava baixa de 1,35%, a 8.015 pontos.

. Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizava-se 0,17%, a 6.106 pontos.