IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

Ações europeias reduzem ganhos iniciais por temores de alta dos juros após dados de inflação dos EUA

14/02/2023 14h50

Por Shreyashi Sanyal e Amruta Khandekar

(Reuters) - As ações europeias fecharam em alta modesta nesta terça-feira, impulsionadas por atualizações corporativas otimistas, mas reduziram a maior parte dos ganhos iniciais do pregão conforme investidores digeriram dados mistos de inflação nos Estados Unidos, que mantiveram vivas as expectativas de mais aumentos de juros pelo Federal Reserve. O índice pan-europeu STOXX 600 fechou com variação positiva de 0,08%, a 462,40 pontos, após ter atingido um pico de um ano mais cedo na sessão.

O relatório muito aguardado por investidores do Departamento do Trabalho dos EUA mostrou que os preços ao consumidor aceleraram em janeiro, mas com sinais de uma desaceleração nas pressões inflacionárias que podem manter o banco central norte-americano em uma trajetória moderada de alta na taxa básica de juros.

Já na zona do euro, dados mostraram que o emprego na região cresceu duas vezes mais do que o esperado no último trimestre, um sinal de pressões inflacionárias subjacentes maiores que podem manter os juros elevados por mais tempo.

O membro do conselho do BCE, Gabriel Makhlouf, disse, em entrevista ao Wall Street Journal, que o banco central pode aumentar os juros acima de 3,5% e provavelmente não promoverá cortes este ano.

O setor de telecomunicações subiu 1,5%, liderando os ganhos no STOXX 600, com a Vodafone em alta de 3,4% depois que a Liberty Global comprou uma participação de 5% na operadora britânica de telecomunicações. As ações de viagens e lazer avançaram 1,3%, impulsionadas por um ganho de 1,8% nos papéis da Flutter Entertainment depois que a maior empresa de apostas online do mundo disse que começará a consultar os acionistas para uma listagem nos EUA.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,08%, a 7.953,85 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,11%, a 15.380,56 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,07%, a 7.213,81 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,22%, a 27.498,26 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,57%, a 9.263,20 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,12%, a 5.885,78 pontos.