IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

Minério de ferro sobe com esperanças de que medidas na China impulsionem demanda

16/02/2023 08h12

Por Enrico Dela Cruz

(Reuters) - Os contratos futuros de minério de ferro subiram nesta quinta-feira, com a China, maior produtora mundial de aço, reiterando sua determinação em apoiar o crescimento econômico por meio de estímulos aos gastos do consumidor.

Os ganhos do minério, no entanto, foram limitados, conforme traders continuaram avaliando as perspectivas de demanda.

O minério de ferro mais negociado para maio na Dalian Commodity Exchange da China encerrou o comércio diurno com alta de 1,8%, a 880 iuanes (128,43 dólares) a tonelada, depois de atingir o nível mais alto desde 30 de janeiro, a 883 iuanes.

Na Bolsa de Cingapura, o contrato de março de referência do ingrediente siderúrgico ganhou 1,3%, para 124,90 dólares a tonelada, subindo pelo terceiro dia consecutivo.

As autoridades chinesas disseram na quinta-feira que elaborarão políticas destinadas a estimular os gastos com habitação e desbloquear as economias dos consumidores que se acumularam durante a pandemia.

Também dando suporte aos preços futuros dos ferrosos, os preços das novas residências na China subiram em janeiro pela primeira vez em um ano, à medida que o fim do regime zero-Covid, políticas imobiliárias favoráveis e expectativas do mercado por mais medidas de estímulo impulsionaram a demanda.

Embora mais firme, o minério de ferro permaneceu sendo negociado em uma faixa limitada de preços esta semana, já que a recuperação esperada na demanda chinesa por aço tem sido lenta, enquanto os analistas mantêm uma perspectiva moderada para o mercado imobiliário chinês.

A fraca demanda doméstica por aço e os custos elevados dos ingredientes da produção de aço reduziram a lucratividade das usinas.

(Por Enrico Dela Cruz em Manila)