IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

KKR estende oferta pela rede da Telecom Italia; governo analisa oferta

22/02/2023 14h08

Por Elvira Pollina e Giuseppe Fonte

(Reuters) - O fundo norte-americano KKR estendeu uma oferta não vinculativa para a rede de telefonia fixa da Telecom Italia por quatro semanas até 24 de março a pedido do governo italiano, informou a companhia na noite de terça-feira.

A empresa disse que o governo quer mais tempo para analisar, especialmente, a autoridade que pode exercer num setor considerado estratégico para o país. De acordo com a legislação italiana, Roma pode usar sua autoridade especial para evitar o interesse indesejado por ativos de importância nacional.

A administração de direita da primeira-ministra Giorgia Meloni disse repetidamente que deseja manter o controle público da rede da Telecom Italia, mas ainda não há um consenso dentro do governo sobre como conseguir isso.

Altos funcionários do Tesouro e do gabinete de Meloni estão abertos a explorar um acordo que poderá envolver a KKR, ao mesmo tempo em que dará a Roma o controle estratégico da infraestrutura, disseram fontes do governo à Reuters, acrescentando que nenhuma decisão final foi tomada.

Em sua oferta preliminar, a KKR deixou a porta aberta para uma entidade apoiada pelo governo se tornar um investidor minoritário na infraestrutura com uma participação de até 30% e alguns poderes de veto em questões estratégicas, disseram fontes anteriormente.

A abordagem do fundo norte-americano avaliou a unidade em cerca de 20 bilhões de euros, incluindo dívida e um mecanismo de ganho de 2 bilhões de euros, disseram duas fontes familiarizadas com o assunto.

Ceder o controle da rede fixa da Telecom Italia é um dos principais pilares dos esforços do presidente-executivo da Telecom Italia, Pietro Labriola, para reduzir a dívida líquida de 25 bilhões de euros do antigo monopólio de telefonia.

As ações da Telecom Italia subiam 2,8% na bolsa de Milão.

(Reportagem adicional de Kanjyik Ghosh)