IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

Minério de ferro amplia perdas com restrições temporárias de produção em Tangshan

27/02/2023 08h07

PEQUIM (Reuters) - Os contratos futuros de minério de ferro nas bolsas de Dalian e Cingapura ampliaram as perdas nesta segunda-feira devido às preocupações com a demanda mais fraca no curto prazo, depois que o centro de produção de aço Tangshan foi obrigado no sábado a fechar parte da capacidade em resposta à forte poluição.

O governo de Tangshan disse que lançaria uma resposta de emergência de nível 2 a partir de domingo para lidar com a previsão de forte poluição do ar nesta semana. A cidade do norte é uma das maiores produtoras de aço da China.

Várias usinas planejam reduzir sua capacidade de sinterização entre 30% e 50% para atender às exigências do governo, disse a consultoria Mysteel em um relatório.

Não ficou claro quanto tempo durariam as restrições de produção. A cidade de Handan, também importante produtora de aço, implementou restrições semelhantes a partir de domingo.

O contrato futuro de minério de ferro para maio mais negociado na Dalian Commodity Exchange (DCE) encerrou o dia de negociações com queda de 2,53%, a 885,5 iuanes (127,14 dólares) a tonelada.

Na Bolsa de Cingapura, o contrato de referência do minério de ferro para março foi negociado a 123,4 dólares a tonelada, queda de 2,64%.

"São principalmente as restrições de produção [em Tangshan e Handan] que derrubaram os preços futuros esta manhã", disse um analista de aço de Xangai, recusando-se a ser identificado porque não está autorizado a falar com a imprensa.

As restrições de produção ocorrem antes da abertura em 5 de março da reunião anual do parlamento da China, um dos eventos de maior destaque do ano, quando Pequim normalmente faz esforços extras para garantir céu limpo.

O aumento dos estoques portuários também está contribuindo para os ventos contrários ao minério de ferro, disseram analistas do banco ANZ em nota. Os estoques totais subiram 1,2% na semana passada, para o nível mais alto desde setembro, acrescentaram.

(Por Amy Lv e Dominique Patton)