IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

Fed não deve confiar muito na reação do mercado para orientar a política monetária, diz Goolsbee

28/02/2023 17h42

(Reuters) - O Federal Reserve precisa complementar os dados tradicionais do governo e as leituras dos mercados financeiros com observações em tempo real das condições econômicas, se quiser fazer uma boa política monetária, disse o presidente do Fed de Chicago, Austan Goolsbee, nesta terça-feira.

“Isso é especialmente verdadeiro quando as coisas estão tão estranhas e incertas quanto na maior parte dos tempos de pandemia”, disse Goolsbee no texto de seus primeiros comentários públicos desde que assumiu o comando do banco regional do Fed em 1º de dezembro como sucessor de Charles Evans.

"É um perigo e um erro os formuladores de política monetária confiarem demais nas reações do mercado", como oscilações do mercado de ações e títulos que "nos dizem para que lado os mercados querem que o Fed se mova", afirmou ele.

Os mercados financeiros precificam cada vez mais suas expectativas de que o banco central dos Estados Unidos aumentará sua taxa de juros de referência overnight nos próximos meses para uma faixa de 5,25% a 5,50%, ante a atual faixa de 4,50% a 4,75%, conforme busca conter a inflação persistentemente elevada. Isso é um pouco mais alto do que o patamar que os formuladores de política monetária do Fed sinalizaram em dezembro que precisariam levar a taxa básica de juros.

Os formuladores do Fed fornecerão uma visão atualizada das projeções da trajetória da taxa de juros no final da reunião de 21 a 22 de março.

(Por Ann Saphir)