IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Brasil anuncia primeira emissão de títulos no mercado internacional em quase dois anos

05/04/2023 09h48

BRASÍLIA/SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil anunciou para esta quarta-feira uma emissão de títulos públicos em dólares no mercado internacional, informou o Tesouro Nacional, marcando o retorno das vendas de dívida do país no exterior após quase dois anos sem operações desse tipo.

Segundo o Tesouro, será realizada a emissão de um novo bônus de dez anos, com vencimento em 2033. O órgão não informou taxas e valores envolvidos, que serão divulgados após o resultado da operação, ao final desta quarta-feira.

O serviço financeiro IFR informou que o "initial price talks" aponta para uma taxa de 6,50% a 6,625% na operação desta quarta.

"O objetivo da operação é dar continuidade à estratégia do Tesouro Nacional de promover a liquidez da curva de juros soberana em dólar no mercado externo, provendo referência para o setor corporativo, e antecipar financiamento de vencimentos em moeda estrangeira", disse o Tesouro em nota.

O anúncio foi feito em meio a uma melhora nos juros futuros após a divulgação da proposta de arcabouço fiscal pelo governo na semana passada. As taxas dos DIs (Depósitos Interfinanceiros) com vencimento em janeiro de 2029, por exemplo, caíram de 12,72% ao ano no dia anterior ao anúncio da proposta para 12,40% na terça-feira.

Na avaliação do economista e CFO da Somus Capital, Luciano Feres, o fato de o governo ter feito uma "transição boa", associada a uma imagem positiva do Banco Central brasileiro, gera prestígio para a emissão. O ambiente externo também contribui.

"Dado o bom cenário lá fora, com desvalorização do dólar e a China fechando acordos com vários países, e o Brasil saindo da turbulência da irresponsabilidade fiscal, esse momento (de anúncio da emissão) foi propício", acrescentou.

De acordo com duas fontes com conhecimento do assunto, ainda não se trata da emissão de títulos verdes, ligados a compromissos ambientais, que têm lançamento planejado para este ano, com volume estimado em fevereiro pelo Tesouro em até 2 bilhões de dólares.

Em 2022, o governo brasileiro não fez nenhuma emissão externa de títulos públicos. A última colocação ocorreu em junho de 2021. Naquele ano, o volume emitido foi de 2,3 bilhões de dólares, após lançamentos de 6 bilhões de dólares em 2020.

De acordo com informe, a operação desta quarta será liderada pelos bancos Bank of America, BNP Paribas e Morgan Stanley.

(Por Luana Maria Benedito, Bernardo Caram e Marcela Ayres)