IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

FedEx combinará unidades de entrega em esforço para cortar US$4 bi em custos

05/04/2023 12h47

Por Lisa Baertlein e Kannaki Deka

LOS ANGELES (Reuters) - A FedEx disse nesta quarta-feira que vai consolidar suas duas empresas de entrega separadas em uma entidade única, à medida que o grupo reduz sua infraestrutura inchada para competir melhor com Amazon e UPS.

O movimento para integrar a FedEx Ground, o braço terceirizado de entrega de encomendas, com o negócio de entrega aérea nortuna FedEx Express foi anunciado quase um ano depois que o investidor ativista D.E. Shaw pressionou por mudanças e ganhou mais dois assentos no conselho da companhia.

A deflação da bolha no setor de entregas de comércio eletrônico e o espectro de uma possível recessão ao longo do último ano intensificaram a pressão sobre o presidente-executivo da FedEx, Raj Subramaniam, para otimizar as operações.

"Nós acreditamos que agora é o momento certo para reorganizar a forma como trabalhamos juntos", disse Subramaniam em uma reunião da empresa na cidade de Nova York.

"Seremos mais enxutos, mais ágeis e melhor posicionados para executar nossa missão de ajudar os clientes a competir e vencer com a rede de logística mais inteligente do mundo".

A unidade de entrega combinada deverá arcar com todas as entregas a partir de junho de 2024, como parte do plano mais abrangente do grupo com sede em Memphis de cortar 4 bilhões de dólares em custos permanentes até o final do ano fiscal de 2025.

(Reportagem de Lisa Baertlein em Los Angeles e Abhijith Ganapavaram e Kannaki Deka em Bengaluru)