IPCA
0,42 Mar.2024
Topo

Bancos da Alemanha são atingidos por onda de reclamações de clientes

06/04/2023 07h48

Por Tom Sims e Marta Orosz

FRANKFURT (Reuters) - As reclamações dos consumidores sobre bancos e outras empresas do setor financeiro da Alemanha aumentaram 20% no ano passado, segundo dados oficiais divulgados em um momento em que reguladores do país se prepararam para tomar medidas que possam fortalecer a confiança.

A agência encarregada pela fiscalização do setor financeiro da Alemanha, BaFin, tem ampliado seu foco em proteção dos consumidores após o colapso da empresa de meios de pagamento Wirecard ocorrido depois de um escândalo contábil.

A agência registrou 15 mil reclamações recebidas de consumidores alemães sobre os bancos e outros fornecedores de serviços financeiros no ano passado, ante 12.500 em 2021. Os dados de 2022 marcaram o quarto ano consecutivo de crescimento nas queixas.

As reclamações incluem prazos de processamento de pedidos de encerramento de contas muito longos, mudanças em termos e condições e encolhimento de redes de agências, segundo as autoridades, integrantes do setor financeiro e especialistas em direito do consumidor.

"As instituições financeiras não podem estar indo bem quanto estão tratando seus clientes mal", disse Chan-Jae Yoo, um representante da BaFin.

A Deutsche Kreditwirtschaft, uma organização que representa o setor financeiro alemão, afirmou que os bancos da Alemanha são "extremamente estáveis e robustos" e que a confiança continua "alta" e "inabalada" pela recente turbulência gerada pelo colapso de bancos médios nos Estados Unidos e do Credit Suisse.

Um estudo publicado este ano pela consultoria EY descobriu que 25% dos pesquisados na Alemanha confiam nas instituições financeiras, 31% não confiam e 44% estão indecisos.