IPCA
0,42 Mar.2024
Topo

Setor de luxo impulsiona bolsas na Europa, mercado na França atinge novo recorde

13/04/2023 13h49

Por Bansari Mayur Kamdar e Amruta Khandekar

(Reuters) - As bolsas de valores da Europa subiram nesta quinta-feira com impulso do setor de luxo, depois que a LVMH divulgou fortes vendas no primeiro trimestre. Os negócios também ganharam impulso com esperanças de pausa nos aumentos de juros do Federal Reserve em meio a sinais de arrefecimento da inflação.

O índice acionário pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,4%, a 464,21 pontos. O índice de blue chips, por sua vez, ganhou 0,5%, aproximando-se de seu nível mais alto em 22 anos.

LVMH subiu 5,7%, fechando em um pico recorde depois que a maior empresa de luxo do mundo relatou um salto de 17% nas vendas do primeiro trimestre, superando as estimativas do mercado, com os negócios na China se recuperando acentuadamente.

As ações da Hermès, exposta à China, também atingiram patamar recorde, saltando 3,1%, enquanto as empresas de luxo Richemont e Kering também subiram 4,4% e 2,6%, respectivamente.

O CAC 40, da França, atingiu nível recorde pela terceira sessão consecutiva, subindo 1,1%, enquanto o OMX 20, de Copenhague, também atingiu um patamar histórico.

"As ações europeias são vistas como subvalorizadas em comparação com seus pares nos Estados Unidos. Com a deterioração das perspectivas econômicas para os EUA, os investidores parecem mais felizes agora em aproveitar essa distorção de preços e comprar ações europeias relativamente mais baratas", disse Stuart Cole, economista-chefe da Equiti Capital.

Dados recentes dos EUA, incluindo relatórios mais brandos de preços ao consumidor e ao produtor, alimentaram esperanças de que o Federal Reserve poderá ir com calma em futuros aumentos nas taxas de juros.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,24%, a 7.843,38 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,16%, a 15.729,46 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 1,13%, a 7.480,83 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,01%, a 27.626,61 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,34%, a 9.310,00 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,25%, a 6.164,28 pontos.