IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Coca-Cola eleva preços e aproveita demanda estável no trimestre

24/04/2023 11h34

Por Ananya Mariam Rajesh

(Reuters) - A Coca-Cola superou expectativas de resultados do primeiro trimestre aproveitando demanda estável para elevar preços de seus produtos em meio à alta de custos com commodities e fretes.

Os preços médios de venda aumentaram 11, enquanto os volumes unitários globais aumentaram 3%. As ações da empresa subiam 0,4% às 11h29 (horário de Brasília).

A Coca-Cola disse em fevereiro que aumentará ainda mais os preços dos refrigerantes em 2023 "no mundo inteiro" para combater alta de custos, mas os reajustes vão ocorrer em ritmo moderado, enquanto a rival PepsiCo fez uma pausa nos aumentos de preços.

A margem operacional da Coca-Cola no primeiro trimestre foi de 30,7%, em comparação com 32,5% no ano anterior, já que os aumentos de preços não ajudaram a compensar totalmente o impacto dos custos operacionais mais altos, aumento nos gastos com marketing, investimentos e um dólar mais forte.

"Com a expectativa de moderação dos preços ao longo do ano, isso deve ocorrer em conjunto com níveis moderados de inflação de commodities, o que deve ajudar a proteger a lucratividade", disse o analista da Wedbush, Gerald Pascarelli.

A receita aumentou 4,3%, para 10,96 bilhões de dólares, superando as estimativas de 10,80 bilhões, segundo dados da Refinitiv.

O lucro ajustado foi de 0,68 dólar por ação, em comparação com as estimativas de 0,64 do mercado.