IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Aumento dos preços da PepsiCo e demanda estável impulsionam previsão anual da companhia

25/04/2023 16h32

Por Ananya Mariam Rajesh

(Reuters) - A PepsiCo elevou suas previsões anuais nesta terça-feira, após seu aumento dos preços para compensar os custos mais altos e uma demanda estável ajudarem a gigante de refrigerantes e salgadinhos a superar os resultados do primeiro trimestre.

Os preços médios subiram 16% no primeiro trimestre, disse a empresa, enquanto o volume orgânico caiu 2%.

"Não esperamos que os preços das commodities diminuam para nós, apenas a taxa de inflação ficará um pouco mais leve ao longo do ano", disse o diretor financeiro Hugh Johnston à Reuters.

Enquanto isso, a companhia também planeja aumentar os preços em algumas regiões, em contraste com sua decisão anterior neste ano de fazer uma pausa.

A maioria dos preços está em vigor, mas "existem alguns mercados, mercados altamente inflacionários em todo o mundo, onde podemos ter que aumentar os preços", disse o presidente-executivo da companhia, Ramon Laguarta, em uma teleconferência de resultados.

A PepsiCo espera que a receita orgânica de 2023 aumente 8%, em comparação com sua previsão anterior de um aumento de 6%. O lucro anual básico por ação foi revisado para 7,27 dólares, em comparação com os 7,20 dólares anteriores.

A previsão elevada nesta fase do ano sugere "uma confiança muito profunda no que está acontecendo no negócio de lanches e também nas melhorias no lado das bebidas", disse Markus Hansen, gerente de portfólio da Vontobel Quality Growth, acrescentando que a empresa é historicamente muito conservadora.

A receita líquida aumentou 10%, para 17,85 bilhões de dólares, superando as estimativas de 17,22 bilhões de dólares. O lucro ajustado de 1,50 dólares por ação também superou as estimativas de 1,39 dólares.