IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Neoenergia tem alta de 14% no Ebitda no 1º tri com novos projetos de geração

25/04/2023 18h48

SÃO PAULO (Reuters) - A Neoenergia encerrou o primeiro trimestre deste ano com um lucro líquido de 1,2 bilhão de reais, estável em relação à cifra apurada em igual período do ano passado, segundo balanço divulgado nesta terça-feira.

A companhia elétrica controlada pela espanhola Iberdrola também registrou uma alta de 14% no Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), alcançando 3,6 bilhões de reais no trimestre.

Segundo a Neoenergia, o resultado do período foi influenciado positivamente pela entrega de projetos de geração renovável, como a entrada em operação total do complexo solar Luzia, na Paraíba, seu primeiro empreendimento de geração fotovoltaica centralizada.

A elétrica possui hoje 42 parques eólicos em operação, com capacidade instalada de 1.389 megawatts (MW), e dois parques solares, com mais 149,2 MWp. No total, a geração de energia eólica e solar pela Neoenergia atingiu 943 GWh no primeiro trimestre, 84,71% acima do mesmo período do ano passado.

Em distribuição de energia, as cinco concessionárias do grupo somaram 19.510 gigawatts-hora (GWh) de energia injetada no primeiro trimestre, crescimento de 0,2% no comparativo anual.

Conforme a empresa, o desempenho trimestral refletiu uma melhora do consumo em mercados na Bahia e em Brasília, mas que foi compensada por impactos de temperaturas mais baixas e da geração distribuída nas demais concessões.

Em termos de investimentos, o Capex executado pela companhia alcançou 2,1 bilhões de reais entre janeiro e março deste ano. Os aportes foram concentrados principalmente no negócio de redes (1,9 bilhão de reais, variação positiva de 21% na comparação anual), para melhoria e ampliação dos serviços de distribuição e construção de empreendimentos de transmissão.

(Por Letícia Fucuchima)