IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Fed planeja ampla reformulação da supervisão bancária após colapso do SVB

28/04/2023 15h03

Por Ann Saphir e Hannah Lang e Chris Prentice

(Reuters) - O Federal Reserve emitiu uma avaliação detalhada e contundente nesta sexta-feira de sua falha em identificar problemas e pressionar por correções no Silicon Valley Bank antes do colapso do banco norte-americano, e prometeu supervisão mais severa e regras mais rígidas para instituições financeiras.

No que o vice-chair de supervisão do Fed, Michael Barr, chamou de revisão rígida da supervisão do SVB pelo banco central dos Estados Unidos, o Fed disse que o monitoramento da instituição com sede em Santa Clara, Califórnia, era inadequada e que os padrões regulatórios eram muito baixos.

"A falha do SVB demonstra que há fraquezas na regulamentação e na supervisão que devem ser abordadas", afirmou Barr em uma carta que acompanha um relatório de 114 páginas complementado por materiais confidenciais que normalmente não são divulgados.

Embora tenha sido a má gestão dos riscos básicos do próprio banco regional que esteve na raiz da falência, disse o Fed, os supervisores do SVB não avaliaram totalmente os problemas, atrasaram suas respostas para reunir mais evidências, mesmo quando as fraquezas aumentavam, e falharam em priorizar certas deficiências quando elas foram identificadas.

No momento de sua falência, o SVB tinha 31 citações não resolvidas sobre sua segurança e solidez, o triplo do que seus pares no setor bancário tinham, disse o relatório.

Uma mudança particularmente eficaz que o Fed poderia fazer na supervisão seria colocar mitigantes em vigor rapidamente em resposta a sérios problemas de capital, liquidez ou gerenciamento, disse uma autoridade de alto escalão do Fed.

O aumento dos requisitos de capital e liquidez também teria reforçado a resiliência do SVB, acrescentou o Fed. Barr disse que, como consequência da falha, o banco central reexaminará como supervisiona e regula o risco de liquidez, a começar com os riscos de depósitos não garantidos.

INCENTIVAR SUPERVISÃO

A percepção de que os bancos menores são capazes não apenas de causar tumultos no sistema financeiro mais amplo, mas também de fazê-lo com tanta velocidade, forçou uma reavaliação no modelo de supervisão do Fed.

Em seu relatório, o Fed disse que de 2018 a 2021 suas práticas de supervisão mudaram e houve expectativas crescentes de que os supervisores acumulassem mais evidências antes de considerar uma ação. A equipe entrevistada como parte da revisão do Fed relatou pressão durante esse período para reduzir os encargos sobre as empresas e demonstrar o devido processo legal, disse o relatório.

Barr sinalizou em sua carta nesta sexta-feira que essa situação mudaria. “Precisamos desenvolver uma cultura que capacite os supervisores a agir diante da incerteza”, disse ele.

O Fed estuda vincular a remuneração dos executivos à correção de problemas em bancos designados como deficientes na administração, a fim de concentrar a atenção dos executivos nesses problemas, disse um autoridade de alto escalão do Fed em um documento.