IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Frete rodoviário no Brasil sobe 13% no 1º tri com demanda da safra, aponta Repom

28/04/2023 18h02

SÃO PAULO (Reuters) - O preço médio do frete por quilômetro rodado no Brasil fechou o mês de março a 7,97 reais, alta de 1% ante fevereiro, representando ainda aumento de 13% no acumulado do primeiro trimestre, com impacto da maior demanda para transportar uma safra recorde de soja do país, de acordo com o último Índice de Frete Repom (IFR).

"O aumento no preço médio do frete por quilômetro rodado ainda é reflexo da escalada da safra de grãos que começou no início de fevereiro", disse Vinicios Fernandes, diretor da Repom, especializada em soluções de gestão e pagamento de despesas do transporte rodoviário.

Na média deste início de ano, o preço médio do frete para o setor do agronegócio já chega a 10,02 reais por quilômetro rodado, um aumento 19% quando comparado ao acumulado de 2022.

O IFR é elaborado com base nas 8 milhões de transações anuais de frete e vale-pedágio administradas pela Repom.

"Por outro lado, apesar do aumento impulsionado pelo segmento do agronegócio, reduções do preço médio do diesel podem sinalizar quedas graduais na tabela no piso mínimo do frete ao longo do ano", disse Fernandes.

Com reduções consecutivas realizadas pela Petrobras nas refinarias desde o ano passado, o preço do combustível continua em baixa no país, fechando a primeira quinzena de abril a média de 6,2 reais o litro para o S-10, com recuo de 2% em relação ao mês anterior.

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira nova redução no diesel, a partir de sábado, com o preço médio de venda para as distribuidoras caindo 9,9%.

(Por Roberto Samora)