IPCA
0,83 Mai.2024
Topo

Criação de vagas no setor privado dos EUA supera expectativas em abril, diz ADP

03/05/2023 09h37

WASHINGTON (Reuters) - Os empregadores privados dos Estados Unidos aumentaram as contratações em abril, mas há sinais de que o mercado de trabalho está desacelerando em meio a taxas de juros mais altas.

Foram abertas no setor privado 296.000 vagas no mês passado, mostrou o relatório de Emprego Nacional da ADP nesta quarta-feira.

Os dados de março foram revisados para baixo para mostrar 142.000 postos em vez de 145.000 conforme relatado anteriormente. Economistas consultados pela Reuters previam que 148.000 vagas seria criadas.

O Federal Reserve deve elevar sua taxa de juros de referência em mais 25 pontos-base, para a faixa de 5,00% a 5,25%, ao final da reunião de política monetária nesta quarta-feira, antes de potencialmente interromper a campanha de aperto monetário mais rápida do banco central dos EUA desde década de 1980.

A taxa de juros mais alta está esfriando a demanda por trabalhadores e as contratações podem ser corroídas por um aperto nos empréstimos bancários após a recente turbulência no mercado financeiro.

Um impasse para aumentar o limite de empréstimos de 31,4 trilhões de dólares do governo federal representa um grave risco para a economia e, em última análise, para o mercado de trabalho.

A secretária do Tesouro, Janet Yellen, alertou na segunda-feira que o governo pode ficar sem dinheiro em um mês.

O governo informou na terça-feira que havia 9,6 milhões de vagas abertas no final de março, o menor nível desde maio de 2021. No entanto, o mercado de trabalho continua apertado, com 1,6 vaga para cada trabalhador desempregado em março, bem acima da faixa de 1,0-1,2 que os economistas dizem ser consistente com um mercado de trabalho que não gera muita inflação.

O relatório da ADP, desenvolvido em conjunto com o Laboratório de Economia Digital de Stanford, foi publicado antes do relatório de emprego mais abrangente e acompanhado de perto do Departamento do Trabalho na sexta-feira, com dados de março.

(Reportagem de Lucia Mutikani)