IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

Hapvida dispara mais de 10% após balanço; BofA reforça recomendação de "compra"

16/05/2023 11h45

SÃO PAULO (Reuters) - As ações da Hapvida disparavam mais de 10% nesta terça-feira, respondendo pelo melhor desempenho do Ibovespa, após resultado trimestral com Ebitda ajustado de 634,5 milhões de reais nos primeiros três meses do ano e margem a 9,4%.

Analistas do Goldman Sachs consideraram o resultado forte, com tendências encorajadoras de rentabilidade, citando dados de despesas com vendas, gerais e administrativas e sinistralidade (MLR), segundo relatório a clientes.

O desempenho do Ebitda ajustado representou uma alta de 63,5% frente ao mesmo período do ano passado, enquanto a margem Ebitda ajustada estava em 6,5% um ano antes. Mesmo na base trimestral houve melhora em ambas as métricas.

A sinistralidade caixa foi de 72,3%, uma queda de 2,6 pontos e 0,6 ponto nas comparações anual e trimestral, respectivamente. As despesas administrativas alçaram 9,4% da receita e as despesas com vendas ficaram em 7,7%.

A companhia também encerrou o trimestre com dívida líquida/Ebitda de 2,32 vezes, de 2,45 vezes no final do ano passado, e fluxo de caixa livre positivo de 404 milhões de reais, ante consumo de caixa de 223,6 milhões do quarto trimestre de 2022.

Por volta de 11:20, os papéis da gigante do setor de saúde saltavam 10,16%, a 3,47 reais, enquanto o Ibovespa tinha acréscimo de 0,41%. Na máxima, chegaram a 3,65 reais.

"Nós enxergamos a Hapvida no caminho certo para restaurar a confiança e reforçamos nossa recomendação de compra e preço-alvo de 4 reais", afirmaram analistas do Bank of America, em relatório a clientes.

(Por Paula Arend Laier)