IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Parlamento suíço vai investigar colapso do Credit Suisse

17/05/2023 15h15

ZURIQUE (Reuters) - O colapso do Credit Suisse e sua aquisição pelo UBS será investigado por uma comissão parlamentar, informou o gabinete do Senado do parlamento suíço nesta quarta-feira.

A medida ocorre depois que dois subcomitês apoiaram uma investigação mais profunda sobre como o governo, o banco central suíço e o regulador do mercado financeiro agiram no período que antecedeu o resgate de emergência do Credit Suisse.

O mandato exato da investigação, bem como os membros da comissão, ainda não foram determinados e serão decididos por ambas as legislaturas durante as próximas sessões, que começam em 30 de maio.

"Dada a magnitude dos eventos e o impacto financeiro, o escritório conclui que o estabelecimento de uma comissão parlamentar é garantido", disse o gabinete do Senado em um comunicado.

Um documento regulatório na terça-feira nos Estados Unidos mostrou como o UBS foi levado às pressas a comprar o Credit Suisse em um negócio que não queria, tendo sinalizado dezenas de bilhões de dólares em perdas potenciais com a aquisição.

A aquisição do banco pelo UBS foi apoiada por 200 bilhões de francos suíços (225 bilhões de dólares) do governo, que estava determinado a evitar que o colapso do Credit Suisse desencadeasse uma crise mais ampla no sistema financeiro global.

O governo suíço também concordou em absorver até 9 bilhões de francos em perdas potenciais incorridas pelo UBS como resultado da aquisição.

A comissão de investigação não será capaz de interromper o negócio, terá poderes de intimação e deverá questionar os gerentes de ambos os bancos, bem como funcionários do governo, e ter acesso às atas das reuniões do governo.

A aquisição, assinada por um pequeno grupo de parlamentares, atraiu críticas públicas generalizadas, principalmente por contornar o parlamento, que no mês passado negou ao acordo seu selo de aprovação.

A ação foi amplamente simbólica e a aquisição deve acontecer, com o UBS esperando fechá-la nas próximas semanas.

As audiências da comissão podem, no entanto, fornecer novas informações sobre como ocorreu o maior resgate bancário desde a crise financeira global.

Será a quinta vez que tal comissão foi estabelecida na história moderna da Suíça. A primeira foi criada em 1961 para examinar o processo de comissionamento dos caças Mirage.

(Por John Revill e Tomasz Janowski)