IPCA
0,83 Mai.2024
Topo

Minério de ferro cai conforme crescem preocupações com demanda da China

24/05/2023 07h57

Por Enrico Dela Cruz

(Reuters) - Os contratos futuros de referência do minério de ferro nas bolsas de Cingapura e Dalian ampliaram as perdas nesta quarta-feira, ficando abaixo de 100 dólares a tonelada, com os preços do aço caindo na China devido às preocupações com a recuperação econômica.

O enfraquecimento do iuan contribuiu para o clima sombrio, com os futuros do vergalhão de Xangai atingindo seu nível mais baixo em mais de seis meses.

O contrato de junho mais ativo do ingrediente siderúrgico na Bolsa de Cingapura chegou a recuar até 4,7%, para 95,25 dólares a tonelada, o menor valor desde 5 de maio.

O minério de ferro mais negociado para setembro na Dalian Commodity Exchange da China encerrou as negociações diurnas com queda de 4,6%, a 682,50 iuanes (98,74 dólares) a tonelada, também atingindo o nível mais baixo desde 5 de maio, a 682 iuanes.

O iuan enfraqueceu para mínimas de quase seis meses em relação ao dólar na quarta-feira, e abriu mão de todos os ganhos que obteve este ano contra uma cesta de moedas de seus parceiros comerciais em meio a novas tensões nas relações sino-americanas.

A fraqueza da moeda aumentou as preocupações persistentes sobre a recuperação econômica irregular da China, maior produtora de aço e consumidora de metais, disseram analistas da Sinosteel Futures em nota.

Os fundamentos do mercado também têm sido pouco inspiradores, com a demanda chinesa de aço --que não atendeu às expectativas para o pico da temporada de construção entre março e maio-- devendo permanecer fraca, conforme as siderúrgicas cumprem os limites de produção da China para reduzir as emissões.

"No médio prazo, a política de controle da produção de aço bruto levará a uma queda significativa na demanda de minério de ferro, enquanto a perspectiva de longo prazo também é relativamente pessimista", disseram analistas da Sinosteel.

(Reportagem de Enrico Dela Cruz em Manila)