IPCA
0,83 Mai.2024
Topo

Moraes diz que Lula escolheu dois novos ministros do TSE

24/05/2023 20h11

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, anunciou nesta quarta-feira que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva escolheu os juristas Floriano de Azevedo Marques e André Ramos Tavares para compor a Corte Eleitoral.

Os escolhidos devem participar do julgamento no TSE de uma das ações que pode tornar inelegível o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

"O presidente da República já nomeou os dois juízes para o Tribunal Superior Eleitoral. Nomeou o professor Floriano de Azevedo Marques Neto, na vaga decorrente do término do segundo mandato do ex-juiz Sérgio Silveira Banhos, e nomeou o professor André Ramos Tavares, na vaga de primeiro mandato do professor Carlos Bastide Horbach", disse Moraes, em fala ao final da sessão do plenário do Supremo Tribunal Federal (STF).

Um dos casos envolvendo Bolsonaro, referente aos ataques ao sistema eleitoral feitos por ele em reunião com embaixadores em meados do ano passado, está com a instrução do processo concluída e tem parecer do Ministério Público Eleitoral (MPE) pela condenação do ex-chefe do Executivo.

Em nota, o Palácio do Planalto informou que Lula assinou a nomeação dos dois juristas e que o ato será publicado na edição do Diário Oficial da União da quinta-feira.

Nos bastidores, os dois juristas são encarados como próximos de Alexandre de Moraes, afirmou uma fonte. Ramos Tavares, inclusive, é ministro substituto do TSE atualmente.

Estavam na disputa, além dos dois escolhidos, segundo Moraes, as juristas Daniela Lima Borges e Edilene Lobo.

(Reportagem de Ricardo Brito)