Conteúdo publicado há 9 meses

Petrobras não tem intenção de reestatizar a Braskem, diz Prates

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras não tem a intenção de reestatizar a petroquímica Braskem, disse o CEO da petroleira, Jean Paul Prates, durante o lançamento do PAC.

A Petrobras é sócia na Braskem. A fala do executivo aconteceu em meio a especulações sobre quem ficará com a fatia da Novonor, que quer vender sua parte na petroquímica.

A Braskem é uma gigante do setor petroquímico. Produz resinas, solventes, plásticos, entre outras coisas. A empresa possui clientes em 70 países.

Atualmente, a Braskem é controlada pela Novonor, antiga Odebrecht. A empresa é a maior produtora de resinas termoplásticas nas Américas e a maior produtora de polipropileno nos Estados Unidos. Suas matérias-primas são usadas em diversas indústrias, do agronegócio a automóveis, tintas e eletrodomésticos.

(Por Rodrigo Viga Gaier; texto de Roberto Samora; edição de Letícia Fucuchima)

Deixe seu comentário

Só para assinantes