XP lança conta global premium com cartão de débito em parceria com a Mastercard

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - Clientes da XP Inc agora também terão acesso a uma conta global premium, com cartão de débito da Mastercard, que pode ser usado em mais de 210 países, conforme a plataforma de investimentos busca ampliar o seu portfólio internacional de produtos.

O cartão, que terá seu lançamento oficial na Expert XP 2023, que acontece em 1 e 2 de setembro, será disponibilizado gradualmente para a base de clientes, começando pela parcela com conta de investimentos internacional. 

"O processo de internacionalização dos clientes brasileiros está acontecendo de forma evidente. Era um 'gap' que a gente tinha e a gente fecha esse 'gap' a partir da data de hoje", afirmou o CEO do Banco XP, José Berenguer.

Ele disse que a XP já tem quase 1 milhão de clientes investindo no exterior e a conta vem complementar a oferta internacional da plataforma. "Colocar esse produto na prateleira é muito relevante", disse.

Para concorrer com produtos similares já disponíveis no mercado por concorrentes, a XP aposta em aspectos próprios do novo produto, como ser totalmente integrado na plataforma e benefícios do cartão premium da Mastercard, entre outros.

Questionado sobre a razão de a XP estar trazendo essa opção aos clientes apenas agora, Berenguer disse que cada produto disponibilizado na plataforma precisa ser muito bem executado para não haver algum atrito na relação com os clientes.

"É uma base que tem opções para procurar outras soluções no mercado", afirmou.

A conta terá o saldo em dólar, mas o cartão poderá ser usado para transações de débito, envio de remessas de câmbio 24 horas por dia e saques em diversos países. Oferecerá integração com as principais carteiras digitais e há a opção de formato físico.

Continua após a publicidade

O cartão não terá mensalidade ou taxa de manutenção.

De acordo com a diretora de Banking da XP, Marta Pinheiro, outros diferenciais do produto incluem IOF de 1,1% no envio da remessa de câmbio para a conta global XP, menor do que a taxa de 5,38% do cartão de crédito.

Além disso, o saldo na conta internacional tem cobertura de até 250 mil dólares pelo Federal Deposit Insurance Corporation (FDIC), agência federal dos EUA que garante depósitos bancários.

Na visão do presidente da Mastercard no Brasil, Marcelo Tangioni, o produto vem em um momento de crescimento no segmento das contas internacionais, assim como aumento do uso de cartões por brasileiros no exterior.

Ele citou dados da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) mostrando que o uso de cartões no exterior aumentou 36% no primeiro semestre de 2023, para o equivalente a algo em torno de 30 bilhões de reais, em comparação com o mesmo período do ano passado.

O cartão de débito é emitido pelo Community Federal Savings Bank, que é o banco que de fato tem a conta aberta nos Estados Unidos, explicou Pinheiro.

Continua após a publicidade

Mas a XP também avalia ter uma licença bancária nos EUA, dada a agenda de novos produtos "bastante intensa", embora não tenha uma decisão tomada sobre o tema, enquanto avalia que as parcerias atuais têm sido suficientes.

"Se você me perguntar se daqui a cinco anos a gente vai ter uma licença bancária nos Estados Unidos, a minha resposta é 'provavelmente sim', mas eu não sei dizer quando isso vai se materializar", afirmou Berenguer.

(Edição de Pedro Fonseca)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes