Conteúdo publicado há 9 meses

Haddad diz que Brasil busca status privilegiado em negociações com EUA

O governo brasileiro busca um status privilegiado nas negociações comerciais com o Estados Unidos, sem as ?amarras? de acordos bilaterais e multilaterais, disse nesta segunda-feira o ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

Após evento sobre transformação ambiental e econômica do Brasil, em Nova York, Haddad afirmou a jornalistas que o tema será levado à reunião bilateral de quarta-feira entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden.

"Estamos um pouco amarrados em torno de conceitos que às vezes não se adequam à situação particular de Brasil e Estados Unidos. Não temos acordo de livre comércio com os Estados Unidos, mas não é por isso que não podemos ter um status privilegiado nas negociações bilaterais, pelo fato de estamos no mesmo continente, termos valores comuns históricos e culturais", disse.

Haddad argumentou que parte da produção destinada ao consumo dos norte-americanos é atualmente produzida no México, país que não tem uma matriz energética verde como o Brasil, segundo ele.

O ministro afirmou que a aproximação interessa aos dois países porque os Estados Unidos colocaram a agenda verde como tema central, o que é correspondido pelo Brasil.

Deixe seu comentário

Só para assinantes