Vendas da Starbucks crescem nos EUA no trimestre

Por Deborah Mary Sophia

(Reuters) - A Starbucks se apoiou na onda em torno de seu Pumpkin Spice Latte e de outras bebidas com tema de outono na América do Norte e divulgou nesta quinta-feira resultado acima do esperado para o quarto trimestre fiscal.

As ações da empresa disparavam depois que a gigante global das cafeterias também apresentou uma previsão de lucro anual otimista, apostando em sua tecnologia de loja atualizada e melhorias no menu.

O retorno sazonal do Pumpkin Spice Latte (PSL) em agosto, juntamente com os novos itens do cardápio, como o Iced Pumpkin Cream Chai Tea Latte e os Espressos e croissants com sabor de maçã, ajudaram a aumentar as vendas no conceito mesmas lojas em 8% nos EUA no trimestre.

Os dados do Placer.ai mostraram um aumento de 20% nas visitas a lojas no dia do lançamento do PSL. A Starbucks também disse que o lançamento na temporada de outono levou a uma média recorde de vendas semanais.

"A demanda dos clientes continua forte. Não estamos realmente vendo nenhuma mudança na confiança", disse o presidente-executivo, Laxman Narasimhan, em teleconferência com analistas.

A Starbucks previu um crescimento do lucro por ação no ano fiscal de 2024 de 15% a 20%, acima das estimativas dos analistas de 15,1%, de acordo com dados da LSEG.

A empresa espera que as vendas globais comparáveis no ano fiscal de 2024 cresçam entre 5% e 7%, com as vendas na China também projetadas para aumentar de 4% a 6% nos últimos três trimestres..

As vendas globais comparáveis da Starbucks subiram 8% no trimestre encerrado em 1º de outubro, superando as expectativas de um aumento de 6,56%. O lucro ajustado por ação de 1,06  dólar superou as estimativas de 0,97 dólar.

Continua após a publicidade

(Por Deborah Sophia)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes