Ações da China e de Hong Kong sobem com suporte do governo e expectativa de cortes globais nos juros

XANGAI (Reuters) - As ações da China atingiram um pico de duas semanas nesta segunda-feira e o mercado de Hong Kong também avançou, uma vez que Pequim intensificou os esforços para estabilizar seus mercados, enquanto as expectativas de cortes nas taxas de juros pelos bancos centrais globais também ajudaram o sentimento.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com alta de 1,35%, enquanto o índice de Xangai avançou 0,91%. O índice Hang Seng, de Hong Kong, subiu 1,71%.

Empresas chinesas de fundos mútuos estão correndo para comprar seus próprios produtos já que o órgão regulador de valores mobiliários do país prometeu novas medidas para orientar o capital de longo prazo para o mercado de ações.

O primeiro-ministro chinês, Li Qiang, disse no domingo que a China vai ampliar ainda mais o acesso ao mercado e aumentará as importações, o que ajudou o sentimento dos investidores. Líderes chineses prometeram reavivar a confiança no mercado de ações.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 2,37%, a 32.708 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 1,71%, a 17.966 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,91%, a 3.058 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 1,35%, a 3.632 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 5,66%, a 2.502 pontos.

Continua após a publicidade

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,86%, a 16.649 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 1,17%, a 3.180 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,28%, a 6.997 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes