Ibovespa fecha no azul em dia de salto de BRF; CVC Brasil recua

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa fechou com uma alta modesta nesta segunda-feira, a quarta consecutiva, com ações de empresas de alimentos entre os destaques positivo, incluindo uma disparada da BRF, enquanto os papéis de CVC Brasil figuraram entre as maiores baixas em sessão de ajustes após balanço.

Na primeira sessão com horário ampliado, a bolsa paulista também refletiu movimentos de realização de lucros após uma semana mais curta, mas positiva, que teve como principal suporte expectativas de que o ciclo de alta da taxa de juros nos Estados Unidos tenha chegado ao fim.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,29%, a 118.498,48 pontos, de acordo com dados preliminares, após acumular ganho de mais de 4% na semana passada. Na máxima do dia, chegou a 118.757,52 pontos. Na mínima, a 118.044,82 pontos.

O volume financeiro somava 16,3 bilhões de reais antes dos ajustes finais. A partir desta segunda-feira, o horário de negociação no mercado de ações brasileiro muda em razão do término do horário de verão nos EUA. No mercado à vista, o call de fechamento agora tem início às 17h55 e acaba às 18h.

(Por Paula Arend Laier)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes